ASTM D874 - 13a(2018)

    Método de ensaio padrão para Cinza sulfatada de óleos lubrificantes e aditivos

    Active Standard ASTM D874 Developed by Subcommittee: D02.03

    Book of Standards Volume: 05.01


      Format Pages Price  
    PDF 7 $50.00   ADD TO CART

    Historical Version(s) - view previous versions of standard

    Translated Standard(s): English

    ASTM License Agreement

    More D02.03 Standards Related Products


    Significance and Use

    5. Importância e uso

    5.1 A cinza sulfatada pode ser usada para indicar a concentração de aditivos metálicos conhecidos em óleos novos. Quando o fósforo está ausente, o bário, o cálcio, o magnésio, o sódio e o potássio são convertidos em seus sulfatos e estanho (estânico) e zinco em seus óxidos. (Observação 4). O enxofre e o cloro não interferem, mas quando o fósforo está presente nos metais, ele permanece parcial ou totalmente na cinza sulfatada como fosfatos metálicos.

    OBSERVAÇÃO 4 – como o sulfato de zinco se decompõe lentamente em seu óxido na temperatura de ignição especificada no método de ensaio, as amostras contendo zinco podem dar resultados variáveis, a menos que o sulfato de zinco seja completamente convertido ao óxido.

    5.2 Por causa das interferências entre elementos acima, os valores de cinza sulfatada obtidos experimentalmente podem diferir dos valores de cinza sulfatada calculados a partir da análise elementar. A formação de tais espécies não sulfatadas depende da temperatura de calcinação, do tempo de combustão e da composição dos compostos metálicos presentes nos óleos. Portanto, a exigência de cinza sulfatada geralmente não deve ser usada nas especificações do produto sem um entendimento claro entre o comprador e o vendedor sobre a falta de confiabilidade de um valor de cinza, como indicador do conteúdo total de compostos metálicos.

    1. Escopo

    1.1 Este método de ensaio abrange a determinação da cinza sulfatada de óleos lubrificantes não utilizados contendo aditivos e de concentrados aditivos utilizados na composição. Esses aditivos geralmente contêm um ou mais dos seguintes metais: bário, cálcio, magnésio, zinco, potássio, sódio e estanho. Os elementos enxofre, fósforo e cloro também podem estar presentes na forma combinada.

    1.2 A aplicação deste método de ensaio a níveis de cinza sulfatada abaixo de 0,02% de massa é restrita a óleos contendo aditivos sem cinzas. O limite inferior do método de ensaio é de 0,005% de massa de cinza sulfatada.

    OBSERVAÇÃO 1 – este método de ensaio não se destina à análise de óleos para motores ou óleos usados contendo chumbo. Também não é recomendado para análise de óleos lubrificantes não aditivos, para os quais o Método de ensaio D482 pode ser usado.

    OBSERVAÇÃO 2 – há evidências de que o magnésio não reage da mesma forma que outros metais alcalinos neste ensaio. Se houver aditivos de magnésio presentes, os dados devem ser interpretados com cautela.

    OBSERVAÇÃO 3 – há evidências de que amostras contendo molibdênio podem dar resultados baixos porque os compostos de molibdênio não são totalmente recuperados à temperatura de calcinação.

    1.3 O éster metílico de ácido graxo (FAME) em conformidade com a EN 14213 e a EN 14214, quando ensaiados usando este método de ensaio mostrou.

    1.4 Os valores indicados no sistema internacional de unidades devem ser considerados como padrão. Nenhuma outra unidade de medida está incluída nesta norma.

    1.5 Esta norma não pretende abordar todas as preocupações de segurança, se houver, associadas à sua utilização. É responsabilidade do usuário desta norma estabelecer práticas apropriadas de saúde e segurança e meio ambiente e determinar a aplicabilidade das limitações regulatórias antes do uso.

    1.6 Este padrão internacional foi desenvolvido de acordo com os princípios internacionalmente reconhecidos sobre padronização estabelecidos na Decisão sobre os Princípios para o desenvolvimento de normas, guias e recomendações internacionais emitidos pelo Comitê de Obstáculos técnicos ao comércio (TBT) da Organização Mundial do Comércio.