If you are an ASTM Compass Subscriber and this document is part of your subscription, you can access it for free at ASTM Compass
    ASTM D6751 - 20a

    Especificação padrão para Estoque de mistura de biodiesel combustível (B100) para combustíveis destilados médios

    Active Standard ASTM D6751 Developed by Subcommittee: D02.E0

    Book of Standards Volume: 05.03


      Format Pages Price  
    PDF 13 $200.00   ADD TO CART

    Historical Version(s) - view previous versions of standard

    Translated Standard(s): English

    ASTM License Agreement

    More D02.E0 Standards Related Products


    1.1 Esta especificação abrange biodiesel quatro graus de biodiesel (B100) para uso como componente de mistura com combustíveis destilados intermediários. Esses graus são descritos a seguir:

    1.1.1 Grau 1-B S15 – uma mistura especial de biodiesel destinada para uso em aplicações de combustível destilado médio que pode ser sensível à presença de glicerídeos parcialmente reagidos, incluindo aplicações que requerem boa operabilidade a baixa temperatura e um componente de mistura de combustível com 15 ppm de enxofre (máximo).

    1.1.2 Grau 1-B S500 – uma mistura especial de biodiesel destinada para uso em aplicações de combustível destilado médio que pode ser sensível à presença de glicerídeos parcialmente reagidos, incluindo aplicações que requerem boa operabilidade a baixa temperatura e um componente de mistura de combustível com 500 ppm de enxofre (máximo).

    1.1.3 Grau 2-B S15 – uma mistura especial de biodiesel destinada para uso em aplicações de combustível destilado médio que requerem um componente de mistura de combustível com 15 ppm de enxofre (no máximo).

    1.1.4 Grau 2-B S500 – uma mistura especial de biodiesel destinada para uso em aplicações de combustível destilado médio que requerem um componente de mistura de combustível com 500 ppm de enxofre (no máximo).

    1.2 Esta especificação indica as propriedades exigidas dos combustíveis diesel no momento e local de entrega. Os requisitos de especificação podem ser aplicados em outros pontos do sistema de produção e distribuição, quando fornecidos por acordo entre o comprador e o fornecedor.

    1.3 Nada na presente especificação obsta a observância das regulamentações federais, estaduais ou locais que possam ser mais restritivos.

    OBSERVAÇÃO 1 – a geração e dissipação da eletricidade estática podem criar problemas no manuseio de óleos combustíveis destilados com os quais o biodiesel possa estar misturado. Para mais informações sobre o assunto, consulte o Guia D4865.

    1.4 Os valores indicados no sistema internacional de unidades (SI) devem ser considerados como padrão. Nenhuma outra unidade de medida está incluída nesta norma.

    1.5 Esta norma internacional foi desenvolvida de acordo com os princípios internacionalmente reconhecidos sobre padronização estabelecidos na Decisão sobre os Princípios para o desenvolvimento de normas, guias e recomendações internacionais emitidos pelo Comitê de obstáculos técnicos ao comércio (TBT) da Organização Mundial do Comércio.