If you are an ASTM Compass Subscriber and this document is part of your subscription, you can access it for free at ASTM Compass
    ASTM D6468 - 08(2019)

    Método de ensaio padrão para Estabilidade em alta temperatura de combustíveis destilados médios

    Active Standard ASTM D6468 Developed by Subcommittee: D02.14

    Book of Standards Volume: 05.02


      Format Pages Price  
    PDF 8 $200.00   ADD TO CART

    Historical Version(s) - view previous versions of standard

    Translated Standard(s): English

    ASTM License Agreement

    More D02.14 Standards Related Products


    Significance and Use

    5.1 Este método de ensaio fornece uma indicação da estabilidade oxidativa térmica de combustíveis destilados quando aquecidos a altas temperaturas que simulam aquelas que podem ocorrer em alguns tipos de sistemas de recirculação de motores ou de queima de combustível. Os resultados não foram correlacionados significativamente com a operação do motor ou do queimador. O método de ensaio pode ser útil para a investigação de problemas operacionais relacionados à estabilidade térmica do combustível.

    5.2 Quando o método de ensaio é utilizado para monitorar a fabricação ou armazenamento de combustíveis, as alterações nos valores de classificação do filtro podem indicar uma alteração relativa na estabilidade inerente. Predições de estabilidade de armazenamento são mais confiáveis quando correlacionadas a ensaios de armazenamento de longo prazo, por exemplo, ao Método de ensaio D4625, ou outras temperaturas mais baixas, de ensaios de longo prazo. Se as amostras de combustível tiverem sido produzidas recentemente, a maturação por 180 minutos, em vez do tradicional intervalo de 90 minutos, tende a dar um resultado correlacionado mais satisfatório aos métodos acima (consulte Apêndice X2).

    5.3 O método de ensaio usa um papel de filtro com uma porosidade nominal de 11 μm, que não captura todo o sedimento formado durante a maturação, mas permite a diferenciação em uma ampla faixa. As classificações de refletância também são afetadas pela cor dos insolúveis filtráveis, que podem não se correlacionar com a massa do material filtrado da amostra de combustível maturada. Portanto, não existe relação quantitativa entre a classificação da membrana e a massa gravimétrica de insolúveis filtráveis.

    1.1 Este método de ensaio abrange a estabilidade relativa dos combustíveis destilados médios em condições de maturação de alta temperatura com exposição limitada ao ar. Este método de ensaio é adequado para todas as classes n.º 1 e n.º 2 em Especificações D396, D975, D2880, e D3699. Também é adequado para combustíveis semelhantes que atendam a outras especificações.

    1.2 Este método de ensaio não é adequado para combustíveis cujo ponto de fulgor, conforme determinado pelos Métodos de ensaio D56, D93 ou D3828, seja inferior a 38 °C. Este método de ensaio não é adequado para combustíveis contendo óleo residual.

    1.3 Os valores indicados no sistema internacional de unidades devem ser considerados como padrão. Nenhuma outra unidade de medida está incluída nesta norma.

    1.3.1 Exceção – o vácuo máximo inclui unidades de polegada-libra em 6.5 e 11.2.

    1.4 Esta norma não pretende abordar todas as preocupações de segurança, se houver, associadas à sua utilização. É responsabilidade do usuário desta norma estabelecer práticas apropriadas de saúde, segurança e meio ambiente e determinar a aplicabilidade das limitações regulatórias antes do uso.

    1.5 Esta norma internacional foi desenvolvida de acordo com os princípios internacionalmente reconhecidos sobre padronização estabelecidos na Decisão sobre os princípios para o desenvolvimento de normas, guias e recomendações internacionais emitidos pelo Comitê de Obstáculos técnicos ao comércio (TBT) da Organização Mundial do Comércio.