If you are an ASTM Compass Subscriber and this document is part of your subscription, you can access it for free at ASTM Compass
    ASTM D6450 - 16a(2021)

    Método de ensaio padrão para Ponto de fulgor usando testador de vaso continuamente fechado (CCCFP)

    Active Standard ASTM D6450 Developed by Subcommittee: D02.08

    Book of Standards Volume: 05.02


      Format Pages Price  
    PDF 9 $200.00   ADD TO CART

    Historical Version(s) - view previous versions of standard

    Translated Standard(s): English

    ASTM License Agreement

    More D02.08 Standards Related Products


    Significance and Use

    5.1 A temperatura do ponto de fulgor é uma medida da tendência do espécime de ensaio em formar uma mistura inflamável com o ar sob condições laboratoriais controladas. É apenas uma das várias propriedades que devem ser consideradas na avaliação do risco geral de inflamabilidade de um material.

    5.2 O ponto de fulgor é usado nas regulamentações de transporte e segurança para definir materiais inflamáveis e combustíveis e os classificar. Essa definição pode variar de regulamentação para regulamentação. Consulte a regulamentação específica envolvida para definições precisas dessas classificações.

    5.3 Este método de ensaio deve ser usados para medir e descrever as propriedades de materiais em resposta ao calor e a uma fonte de ignição sob condições laboratoriais controladas e não devem ser usados para descrever ou avaliar o risco de incêndio ou de fogo de materiais em condições reais de incêndio. No entanto, os resultados deste método de ensaio poderão ser utilizados como elementos de avaliação de risco de incêndio que levem em conta todos os fatores pertinentes para uma avaliação do risco de incêndio de determinado uso final.

    5.4 O ponto de fulgor também pode indicar uma possível presença de materiais altamente voláteis e inflamáveis em um material relativamente não volátil ou não inflamável, como a contaminação de óleos lubrificantes por pequenas quantidades de diesel ou gasolina.

    1.1 Este método de ensaio de ponto de fulgor é um método dinâmico e depende de taxas definidas de aumento de temperatura. É um dos muitos métodos de ensaio de ponto de fulgor disponíveis, e cada método de ensaio de ponto de fulgor, incluindo este, é um método empírico.

    OBSERVAÇÃO 1 – valores de ponto de fulgor não são uma propriedade físico-química constante dos materiais ensaiados. Eles são uma função do projeto do aparelho, das condições do aparelho usado e do procedimento operacional realizado. O ponto de fulgor só pode ser definido em referência a um método de ensaio padrão, e não se pode garantir nenhuma correlação válida entre os resultados obtidos por diferentes métodos de ensaio ou com um aparelho de ensaio diferente do especificado.

    1.2 Este método de ensaio cobre a determinação do ponto de fulgor de óleos combustíveis, óleos lubrificantes, solventes e outros líquidos por um testador de vaso continuamente fechado. A medição é feita em um espécime de ensaio de 1 ml.

    1.3 Este método de ensaio utiliza um vaso fechado, mas não vedado, com ar injetado na câmara de ensaio.

    1.4 Este método de ensaio é adequado para testar amostras com um ponto de fulgor de 10 °C a 250 °C.

    OBSERVAÇÃO 2 – podem ser feitas determinações do ponto de fulgor abaixo de 10 °C e acima de 250 °C, no entanto, a precisão não foi determinada acima e abaixo dessas temperaturas.

    1.5 Se a especificação do usuário exigir um método de ponto de fulgor definido diferente deste método de ensaio, nem este método de ensaio nem qualquer outro método devem ser substituídos pelo método indicado sem a obtenção de dados comparativos e a anuência do especificador.

    1.6 Os valores indicados no sistema internacional de unidades (SI) devem ser considerados como padrão. Nenhuma outra unidade de medida está incluída nesta norma. As temperaturas estão em graus Celsius, e a pressão está em quilopascal.

    1.7 Esta norma não pretende abordar todas as preocupações de segurança, se houver, associadas à sua utilização. É responsabilidade do usuário desta norma estabelecer práticas apropriadas de saúde, segurança e meio ambiente e determinar a aplicabilidade das limitações regulatórias antes do uso. As declarações de advertência específicas aparecem em toda a norma.

    1.8 Esta norma internacional foi desenvolvida de acordo com os princípios internacionalmente reconhecidos sobre padronização estabelecidos na Decisão sobre os Princípios para o desenvolvimento de normas, guias e recomendações internacionais emitidos pelo Comitê de obstáculos técnicos ao comércio (TBT) da Organização Mundial do Comércio.