If you are an ASTM Compass Subscriber and this document is part of your subscription, you can access it for free at ASTM Compass
    ASTM D6377 - 20

    Método de ensaio padrão para Determinação da pressão do vapor do óleo cru: VPCRx (Método de expansão)

    Active Standard ASTM D6377 Developed by Subcommittee: D02.08

    Book of Standards Volume: 05.02


      Format Pages Price  
    PDF 10 $62.00   ADD TO CART

    Historical Version(s) - view previous versions of standard

    Translated Standard(s): English

    ASTM License Agreement

    More D02.08 Standards Related Products


    Significance and Use

    5.1 Vapor pressure of crude oil at various V/Ls is an important physical property for shipping and storage.

    Note 2: A vapor-liquid ratio of 0.02:1 (X = 0.02) mimics closely the situation of an oil tanker.

    5.2 Vapor pressure of crude oil is important to crude oil producers and refiners for general handling and initial refinery treatment.

    5.3 The vapor pressure determined by this test method at a vapor-liquid ratio of 4:1 (VPCR4) of crude oil at 37.8 °C can be related to the vapor pressure value determined on the same material when tested by Test Method D323 (see Appendix X1).

    5.4 Air saturation of crude oil shall not be done to avoid potential vapor loss. However air saturation of the chilled verification fluid is mandatory (see 7.2 and Section 11).

    5.5 This test method can also be applied in online applications.

    1.1 Este método de ensaio abrange o uso de instrumentos automatizados de pressão de vapor para determinar a pressão de vapor exercida no vácuo de óleos crus. Este método de ensaio é adequado para ensaiar amostras que exercem uma pressão de vapor entre 25 kPa e 180 kPa a 37,8 °C em proporções vapor/líquido de 4:1 e 0,02:1 (X = 4 e 0,02).

    OBSERVAÇÃO 1 – este método de ensaio é adequado para determinação da pressão de vapor de óleos crus a temperaturas de 0 °C a 100 °C e pressões de até 500 kPa, mas as declarações de precisão e desvio (consulte a Seção 14) podem não ser aplicáveis. A precisão atual do método é limitada a razões de vapor-líquido de 0,02 e 4. (A Seção 14 inclui as razões vapor-líquido de 0,02 e 4).

    1.2 Este método de ensaio também permite a determinação da pressão de vapor para amostras de óleo cru com pontos de fluidez acima de 15 °C, desde que sejam seguidos os procedimentos adequados de manipulação, transferência e análise de amostras.

    1.3 Os valores indicados em unidades do SI devem ser considerados como padrão. Nenhuma outra unidade de medida foi incluída nesta norma.

    1.4 Esta norma não pretende abordar todas as preocupações de segurança, se houver, associadas à sua utilização. É responsabilidade do usuário desta norma estabelecer práticas apropriadas de saúde, segurança e meio ambiente e determinar a aplicabilidade das limitações regulatórias antes do uso. Para recomendações específicas, consulte 7.2.1–7.3.2.

    1.5 Esta norma internacional foi desenvolvida de acordo com os princípios internacionalmente reconhecidos sobre normalização estabelecidos na Decisão sobre os Princípios para o desenvolvimento de normas, guias e recomendações internacionais emitidos pelo Comitê de Obstáculos técnicos ao comércio (TBT) da Organização Mundial do Comércio.