ASTM D6371 - 17a

    Método de ensaio padrão para Ponto de obstrução do filtro a frio do diesel e dos combustíveis de aquecimento

    Active Standard ASTM D6371 Developed by Subcommittee: D02.07

    Book of Standards Volume: 05.03


      Format Pages Price  
    PDF 14 $50.00   ADD TO CART

    Historical Version(s) - view previous versions of standard

    Translated Standard(s): English

    ASTM License Agreement

    More D02.07 Standards Related Products


    Significance and Use

    5.1 O CFPP de um combustível é adequado para estimar a temperatura mais baixa na qual um combustível fornecerá fluxo livre de problemas em certos sistemas de combustível.

    5.2 No caso do diesel utilizado nos caminhões leves europeus, os resultados são normalmente próximos da temperatura de falha em serviço, exceto quando o sistema de combustível contém, por exemplo, um filtro de papel instalado em um local exposto a intempéries ou se a temperatura de obstrução do filtro é superior a 12 °C abaixo do valor do ponto de nuvem de acordo com o Método de ensaio D2500, D5771, D5772 ou D5773. As instalações de aquecimento doméstico são geralmente menos críticas e operam satisfatoriamente a temperaturas um pouco inferiores às indicadas pelos resultados do ensaio.

    5.3 A diferença nos resultados obtidos a partir da amostra da forma recebida e após o tratamento térmico a 45 °C por 30 minutos pode ser usada para investigar queixas de desempenho insatisfatório sob condições de baixa temperatura.

    1.1 Este método de ensaio abrange a determinação da temperatura do ponto de obstrução do filtro a frio (CFPP) de combustível para motores a diesel e domésticos, usando aparelhos manuais ou automatizados.

    OBSERVAÇÃO 1 – este método de ensaio é tecnicamente equivalente aos métodos de ensaio IP 309 e EN 116.

    1.2 O aparelho manual e o aparelho automatizado são adequados para fins de arbitragem.

    1.3 Este método de ensaio é aplicável aos combustíveis destilados, incluindo aqueles que contêm um aditivo para melhoramento do fluxo ou outro aditivo, destinados a utilização em motores diesel e instalações de aquecimento doméstico.

    1.4 Os valores indicados no sistema internacional de unidades devem ser considerados como padrão. Nenhuma outra unidade de medida está incluída nesta norma.

    1.5 AVISO – mercúrio foi designado por muitas agências reguladoras como um material perigoso que pode causar danos ao sistema nervoso central, aos rins e ao fígado. Mercúrio (ou seu vapor) pode ser perigoso para a saúde e corrosivo para materiais. Deve-se ter cuidado ao manusear mercúrio e produtos contendo mercúrio. Consulte a ficha de dados de segurança do material aplicável (FISPQ) para obter detalhes e o site da EPA – http://www.epa.gov/mercury/faq.htm – para obter mais informações. Os usuários devem estar cientes de que a venda de mercúrio e/ou de produtos contendo mercúrio em seu estado ou país pode ser proibida por lei.

    1.6 Esta norma não pretende abordar todas as preocupações de segurança, se houver, associadas à sua utilização. É responsabilidade do usuário desta norma estabelecer práticas apropriadas de saúde e segurança e meio-ambiente e determinar a aplicabilidade das limitações regulatórias antes do uso. Para instruções de advertência específicas, consulte a Seção 7.

    1.7 Este padrão internacional foi desenvolvido de acordo com os princípios internacionalmente reconhecidos sobre padronização estabelecidos na Decisão sobre os princípios para o desenvolvimento de normas, guias e recomendações