ASTM D5186 - 19

    Método de ensaio padrão para Determinação do teor aromático e do teor aromático polinuclear de combustíveis diesel por cromatografia com fluido supercrítico

    Active Standard ASTM D5186 Developed by Subcommittee: D02.04.0C

    Book of Standards Volume: 05.02


      Format Pages Price  
    PDF 10 $50.00   ADD TO CART

    Historical Version(s) - view previous versions of standard

    Translated Standard(s): English

    ASTM License Agreement

    More D02.04.0C Standards Related Products


    Significance and Use

    5.1 O teor de hidrocarbonetos aromáticos dos combustíveis diesel de motor é um fator que pode afetar seu número de cetano e emissões de exaustão.5.2 A United States Environmental Protection Agency (USEPA) regula o teor de aromáticos de combustíveis diesel. Os regulamentos do California Air Resources Board (CARB) limitam o teor total de aromáticos e o conteúdo de hidrocarbonetos aromáticos polinucleares do combustível para motores a diesel, exigindo uma determinação analítica adequada para garantir a conformidade com os regulamentos. Os produtores de combustíveis diesel exigirão determinações similares para processo e controle de qualidade. Este método de ensaio pode ser usado para fazer tais determinações.5.3 Este método de ensaio é aplicável a materiais na faixa de ebulição de combustíveis para motores a diesel e não é afetado pela coloração do combustível. O Método de ensaio D1319, que tem sido indicado pela USEPA para determinar compostos aromáticos no combustível para motores a diesel, exclui materiais com pontos de ebulição finais superiores a 315 °C (600 °F) do seu escopo. O Método de ensaio D2425 é aplicável à determinação de hidrocarbonetos aromáticos totais e polinucleares aromáticos no combustível para motores diesel, mas é muito mais caro e demorado para realizar.5.4 Os resultados obtidos por este método de ensaio mostraram ser estatisticamente mais precisos do que os obtidos pelo Método de ensaio D1319 para combustíveis diesel típicos e este método de ensaio tem um tempo menor de análise. Espera-se que os resultados deste método de ensaio para hidrocarbonetos aromáticos polinucleares totais sejam pelo menos tão precisos quanto os do Método de ensaio D2425.

    1.1 Este método de ensaio abrange a determinação das quantidades totais de compostos de hidrocarbonetos aromáticos monoaromáticos e polinucleares em combustíveis diesel para motores e misturas de gasolina por cromatografia com fluido supercrítico (SFC). A faixa de concentração de aromáticos à qual este método de ensaio se aplica é de 1 a 75% em massa. A faixa de concentrações de hidrocarbonetos aromáticos polinucleares à qual este método de ensaio é aplicável é de 0,5 a 50% em massa.1.2 Este método de ensaio inclui desvio relativo para o Método de ensaio D5186 em relação ao Método de ensaio D1319 e o Método de ensaio D6591 em relação ao Método de ensaio D5186 para combustíveis diesel. As faixas aplicáveis das faixas de correlação são apresentadas na seção de desvio relativo. As correlações são aplicáveis apenas nas faixas indicadas e apenas para combustíveis diesel.1.3 Este método de ensaio e as correlações foram desenvolvidos para amostras de diesel sem biodiesel. A presença de biodiesel interferirá nos resultados. As equações de correlação apenas são aplicáveis entre essas faixas de concentração e para combustíveis diesel sem biodiesel.1.4 Os valores indicados no sistema internacional de unidades devem ser considerados como padrão. Os valores indicados nas unidades polegadas/libras são apenas para informação.1.5 Esta norma não pretende abordar todas as preocupações de segurança, se houver, associadas à sua utilização. É responsabilidade do usuário desta norma estabelecer práticas apropriadas de saúde, segurança e meio ambiente e determinar a aplicabilidade das limitações regulatórias antes do uso.1.6 Este padrão internacional foi desenvolvido de acordo com os princípios internacionalmente reconhecidos sobre padronização estabelecidos na Decisão sobre os princípios para o desenvolvimento de normas, guias e recomendações internacionais emitidos pelo Comitê de Obstáculos técnicos ao comércio (TBT) da Organização Mundial do Comércio.