If you are an ASTM Compass Subscriber and this document is part of your subscription, you can access it for free at ASTM Compass
    ASTM D482 - 19

    Método de ensaio padrão para Cinzas de derivados de petróleo

    Active Standard ASTM D482 Developed by Subcommittee: D02.03

    Book of Standards Volume: 05.01


      Format Pages Price  
    PDF 5 $200.00   ADD TO CART

    Historical Version(s) - view previous versions of standard

    Translated Standard(s): English

    ASTM License Agreement

    More D02.03 Standards Related Products


    Significance and Use

    4.1 O conhecimento da quantidade de material formador de cinza presente em produto pode fornecer informações sobre a adequação ou não para determinada aplicação. A cinza pode resultar de óleo ou compostos metálicos solúveis em água ou de sólidos estranhos como sujeira e ferrugem.

    1.1 Este método de ensaio abrange a determinação de cinza na faixa de 0,010 a 0,180% em massa em combustíveis destilados e residuais, combustíveis de turbinas a gás, óleos crus, óleos lubrificantes, ceras e outros derivados de petróleo, em que quaisquer materiais formadores de cinza presentes são normalmente considerados impurezas ou contaminantes indesejáveis (Observação 1). O método de ensaio é limitado a derivados de petróleo isentos de aditivos formadores de cinza adicionados, incluindo certos compostos de fósforo (Observação 2).

    OBSERVAÇÃO 1 – em certos tipos de amostras, todos os metais formadores de cinza não são retidos quantitativamente na cinza. Isto é particularmente verdadeiro para os óleos destilados, que requerem um procedimento especial para cinza a fim de reter metais quantitativamente.

    OBSERVAÇÃO 2 – este método de ensaio não se destina à análise de óleos lubrificantes não utilizados que contenham aditivos; para essas amostras, use o Método de ensaio D874. Também não se destina à análise de óleos lubrificantes contendo chumbo ou óleos para cárter de motores usados.

    1.2 Os valores definidos nas unidades do SI devem ser considerados padrão. Os valores informados entre parênteses são apenas para fins informativos. A expressão preferida da propriedade é % de massa.

    1.3 Esta norma não pretende abordar todas as preocupações de segurança, se houver, associadas à sua utilização. É responsabilidade do usuário desta norma estabelecer práticas apropriadas de saúde, segurança e meio ambiente e determinar a aplicabilidade das limitações regulatórias antes do uso.

    1.4 Esta norma internacional foi desenvolvida de acordo com os princípios internacionalmente reconhecidos sobre padronização estabelecidos na Decisão sobre os Princípios para o desenvolvimento de normas, guias e recomendações internacionais emitidos pelo Comitê de Obstáculos técnicos ao comércio (TBT) da Organização Mundial do Comércio.