ASTM D2158 - 16ae1

    Método de ensaio padrão para Resíduos em gases liquefeitos de petróleo (LP)

    Active Standard ASTM D2158 Developed by Subcommittee: D02.H0

    Book of Standards Volume: 05.01


      Format Pages Price  
    PDF 8 $50.00   ADD TO CART

    Historical Version(s) - view previous versions of standard

    Translated Standard(s): English

    ASTM License Agreement

    More D02.H0 Standards Related Products


    Significance and Use

    5.1 Control over the residue content (required by Specification D1835) is of considerable importance in end-use applications of LPG. In liquid feed systems, residues can lead to troublesome deposits and, in vapor withdrawal systems, residues that are carried over can foul regulating equipment. Residues that remain in vapor-withdrawal systems will accumulate, can be corrosive, and will contaminate subsequent product. Water, particularly if alkaline, can cause failure of regulating equipment and corrosion of metals.

    1.1 Este método de ensaio abrange a determinação de materiais estranhos em intemperismo acima de 38 °C e que estão presentes em gases liquefeitos de petróleo. Em geral, os materiais estranhos serão dissolvidos no GLP, mas podem ter fases separadas em alguns casos.

    1.2 Gases liquefeitos de petróleo que contêm certos aditivos anticongelantes podem gerar resultados errôneos por este método de ensaio.

    1.3 Embora este método de ensaio tenha sido usado para verificar a limpeza e a falta de contaminantes pesados no propano por muitos anos, pode não ser sensível o suficiente para proteger alguns equipamentos de problemas operacionais ou de aumentos na manutenção. Um ensaio mais sensível, capaz de detectar níveis mais baixos de contaminantes dissolvidos, pode ser necessário para algumas aplicações.

    1.4 Os valores indicados no sistema internacional de unidades devem ser considerados como padrão. Nenhuma outra unidade de medida está incluída nesta norma.

    1.5 Esta norma não pretende abordar todas as preocupações de segurança, se houver, associadas à sua utilização. É responsabilidade do usuário desta norma estabelecer práticas apropriadas de saúde, segurança e meio ambiente e determinar a aplicabilidade das limitações regulatórias antes do uso.

    1.6 Este padrão internacional foi desenvolvido de acordo com os princípios internacionalmente reconhecidos sobre padronização estabelecidos na Decisão sobre os Princípios para o desenvolvimento de normas, guias e recomendações internacionais emitidos pelo Comitê de Obstáculos técnicos ao comércio (TBT) da Organização Mundial do Comércio.