ASTM C78/C78M - 18

    Método de ensaio padrão para Resistência flexural do concreto (usando viga simples com terceiro ponto de aplicação de carga)

    Active Standard ASTM C78 / C78M Developed by Subcommittee: C09.61

    Book of Standards Volume: 04.02


      Format Pages Price  
    PDF 7 $52.00   ADD TO CART

    Historical Version(s) - view previous versions of standard

    Translated Standard(s): English

    ASTM License Agreement

    More C09.61 Standards Related Products


    Significance and Use

    4.1 This test method is used to determine the flexural strength of specimens prepared and cured in accordance with Test Methods C42/C42M or Practices C31/C31M or C192/C192M. Results are calculated and reported as the modulus of rupture. For the same specimen size, the strength determined will vary if there are differences in specimen preparation, curing procedure, moisture condition at time of testing, and whether the beam was molded or sawed to size.

    4.2 The measured modulus of rupture generally increases as the specimen size decreases.3,4,5

    4.3 The results of this test method may be used to determine compliance with specifications or as a basis for mixture proportioning, evaluating uniformity of mixing, and checking placement operations by using sawed beams. It is used primarily in testing concrete for the construction of slabs and pavements.

    4.4 For identical test specimens, the modulus of rupture obtained by this test method will, on average, be lower than that obtained by Test Method C293/C293M.

    1.1 Este método de ensaio abrange a determinação da resistência flexural do concreto pelo uso de uma viga simples com terceiro ponto de aplicação de carga.

    1.2 Os valores indicados em unidades de polegada-libra ou em unidades do SI devem ser considerados separadamente. Os valores informados em cada sistema podem não ser equivalentes exatos; portanto, cada sistema deve ser usado independentemente do outro. Os valores combinados dos dois sistemas podem resultar em não conformidade com o padrão.

    1.3 Esta norma não pretende abordar todas as preocupações de segurança, se houver, associadas à sua utilização. É responsabilidade do usuário desta norma estabelecer práticas apropriadas de saúde, segurança e meio ambiente e determinar a aplicabilidade das limitações regulatórias antes do uso.

    1.4 Esta norma internacional foi desenvolvida de acordo com os princípios internacionalmente reconhecidos sobre padronização estabelecidos na Decisão sobre os Princípios para o desenvolvimento de normas, guias e recomendações internacionais emitidos pelo Comitê de obstáculos técnicos ao comércio (TBT) da Organização Mundial do Comércio