If you are an ASTM Compass Subscriber and this document is part of your subscription, you can access it for free at ASTM Compass
    ASTM C172/C172M - 17

    Prática padrão para Amostragem de concreto recém-misturado

    Active Standard ASTM C172 / C172M Developed by Subcommittee: C09.60

    Book of Standards Volume: 04.02


      Format Pages Price  
    PDF 4 $54.00   ADD TO CART

    Historical Version(s) - view previous versions of standard

    Translated Standard(s): English

    ASTM License Agreement

    More C09.60 Standards Related Products


    Significance and Use

    3.1 This practice is intended to provide standard requirements and procedures for sampling freshly mixed concrete from different containers used in the production or transportation of concrete. The detailed requirements as to materials, mixtures, air content, temperature, number of specimens, slump, interpretation of results, and precision and bias are in specific test methods.

    1.1 Esta prática abrange procedimentos para obter amostras representativas de concreto fresco como entregue no local do projeto em que ensaios serão realizados para determinar a conformidade com os requisitos de qualidade das especificações sob as quais o concreto é fornecido (Observação 1). A prática inclui a amostragem a partir de caminhões-betoneiras, misturadores estacionários e pavimentadoras e de equipamentos agitadores e não agitadores usados para transportar o concreto misturado em central e de equipamento de mistura contínua, conforme descrito na Especificação C685/C685M.

    1.2 Os valores indicados em unidades de polegada-libra ou em unidades do SI devem ser considerados separadamente. Os valores informados em cada sistema podem não ser equivalentes exatos; portanto, cada sistema deve ser usado independentemente do outro. Os valores combinados dos dois sistemas podem resultar em não conformidade com o padrão.

    OBSERVAÇÃO 1 – amostras compostas são exigidas por esta prática, a menos que especificamente excluídas pelos procedimentos que regem os ensaios a serem realizados, como ensaios para determinar a uniformidade de consistência e eficiência do misturador. Os procedimentos usados para selecionar os lotes de ensaio específicos não estão descritos nesta prática, mas é recomendado que a amostragem aleatória seja usada para determinar a conformidade da especificação em geral.

    1.3 Esta prática também abrange os procedimentos a serem usados para preparar uma amostra de concreto para ensaios adicionais quando for desejável ou necessário remover o agregado maior do que o tamanho designado. Essa remoção de partículas de agregado maiores é realizada de preferência por peneiramento a úmido.

    1.4 O texto desta norma faz referência às observações e notas de rodapé que fornecem material explicativo e não devem ser consideradas requisitos da prática.

    1.5 Esta norma não pretende abordar todas as preocupações de segurança, se houver, associadas à sua utilização. É responsabilidade do usuário desta norma estabelecer práticas apropriadas de saúde, segurança e meio ambiente e determinar a aplicabilidade das limitações regulatórias antes do uso. (Aviso – misturas cimentícias hidráulicas frescas são cáusticas e podem causar queimaduras químicas na pele e tecidos após exposição prolongada. )

    1.6 Esta norma internacional foi desenvolvida de acordo com os princípios internacionalmente reconhecidos sobre padronização estabelecidos na Decisão sobre os Princípios para o desenvolvimento de normas, guias e recomendações internacionais emitidos pelo Comitê de obstáculos técnicos ao comércio (TBT) da Organização Mundial do Comércio.